setembro 24, 2009

Mentiras sinceras me interessam

#
Ok, mulherada, admitam. Nós gostamos de ser enganadas. E antes de ficarem indignadas e desejarem minha cabeça pensem um pouco comigo.

A raça humana já tentou criar diversas linguagens comuns, mas poucas parecem tão universais como as mentiras que os homens contam. É incrível como elas se parecem em vários idiomas, é algo mais evoluído que o próprio Esperanto!

Se os homens se empenhassem tanto em desenvolver um idioma universal, como são eficientes em padronizar as desculpas e cantadas esfarrapadas, o mundo já estaria falando a mesma língua há séculos!

E sim, nós, mulheres, conhecemos esse código também. Tudo bem que na hora de falar somos tão fluentes quando um brasileiro arranhando no portunhol, mas o fato de que somos peritas em ler e ouvir essas barbaridades, isso, ah! Ninguém pode tirar da gente.

O detalhe ainda mais surpreendente é que apesar de sermos capazes de enumerar de cor e salteado a lista das mentiras que mais ouvimos na vida, sim... nós continuamos acreditando nelas! E por que isso? Pura estupidez?

Convenhamos, nós não somos burras e muitos homens sabem bem disso (os que não sabem é porque tem o ego tão grande que acreditam realmente que você caiu como patinho só porque ele é muito bom nisso rsrsrs).

Mas se não somos burras e sabemos que eles mentem mesmo, só resta uma segunda alternativa: nós gostamos de ser enganadas! E se não gostamos estamos, no mínimo, emitindo os sinais errados e causando um péssimo ruído de comunicação entre os sexos.

Em última instância, poderíamos inclusive chegar à conclusão de que se os homens mentem, é apenas para nos fazer feliz.

O que não deixa de ser uma verdade. Ou alguém aqui já achou um horror ouvir coisas como "você é mulher da minha vida", "não sei mais viver sem você", "passei a noite toda trabalhando", "putz, acabou a bateria do meu celular", "você tem razão, meu amor", "eu te amo", "vou pedir o divórcio, dessa vez é pra valer!", e por aí vai.

Sim, nós gostamos! E sabe qual é a parte da mentira que os homens contam que mais incomoda? Pois é justamente quando ela acaba!

Quando ao invés de dizer que você fica linda de qualquer jeito, ele sugere onde poderia melhorar. Quando ao invés de te tranquilizar que no jantar de negócios só tem um bando de machos, ele conta que também está presente aquela executiva gostosinha, com cara de biscate, que você não suporta. Quando ele confessa que “tecnicamente” ele não pode ser dizer “solteiro”. Pronto, nosso castelinho de areia vem abaixo!

Como já dizia Mário Quintana, "a mentira é a verdade que esqueceu de acontecer". E muitas vezes nós deixamos ela lá, sendo dita na maior cara de pau, porque no fundo desejamos que seja assim.

Mentir pode ser um gesto de amor, um impulso quase altruísta de proteger a quem se quer bem - seja o outro, ou a si mesmo, porque não?

A verdade pode doer, e infelizmente não costuma ter o mesmo poder de nos fazer sentir tão especiais quanto tem a mentira. A começar pela vantagem de que nela existe uma infinidade de possibilidades para serem exploradas, enquanto a verdade é uma só. Vamos lá, não minta para si mesma, é ou não é verdade?

E antes que alguma desesperada corra para cortar os pulsos, se culpando pela mentiras que ouviu por toda uma vida, cabe alertar que nós não estamos sozinhas nessa.

Os homens também gostam de ouvir algumas mentirinhas. Às vezes precisam delas até mais do que nós e, acreditem, um homem que recebe um bom carinho no ego tem lá suas recompensas.

Se dizem que nós fazemos para o outro, muito do que queremos que façam para nós mesmos, o hábito masculino de mentir, de certa forma, não deixa de ser uma maneira deles nos sinalizarem aquilo que também querem receber em troca. O que falta, para algumas de nós nesse quesito, é apenas prática.

E então, o que estão esperando? Façam ainda hoje um homem feliz! Um elogio sincero ou uma mentira bem intencionada - de vez em quando - não faz mal a ninguém.

6 comentários:

Anônimo disse...

Nossa senhora, belo exemplo de integridade......kkkkkkk, gostei do texto e concordo com vc "em partes" acho que os homens mentem sim pra agradar, como vc ja deve ter visto no comercial de cerveja, as mulheres nao ficam contente com a verdade nua e crua, mas como eu costumo dizer uma mentira inofenciva realmente é bom o ruin é perder a noção. só uma dica, a mentira só é boa quando nao sabem que é mentira, se vc for tam explicita assim como esta sendo nao acho que vao acreditar muito no qe vc diz!....bjo

emquedalivre disse...

Eu não queria concordar, mas se é verdade... que posso eu fazer?
Os homens mentem porque funciona, seja por fingimento ou ingenuidade das mulheres.
Já as mulheres, com toda aquela sinceridade, machucam os homens, que na verdade são muito sensíveis, e novamente nós precisamos mentir, agora pra proteger nosso ego. Dá pra sacar? XD

do caralho esse post XD

♠ Lola Rodrigues... disse...

#Haha muito bom... como eu nunca tinha pensado nisso....
;D

Caroline Gomes disse...

Olá,Paula.
Sou estudante de Direito estou fazendo um trabalho sobre um texto que foi indicado pela professora.
O texto é A imprensa...de 91 gostaria de saber se é efetivamente de sua autoria.

Luciane disse...

Paula, sou uma das tuas maiores fãs, vc escreve lindamente!
Me emociono e dou risada lendo tuas postagens. Até tomei a liberdade, com a devida referência a autoria, claro, de postar um dos teus textos no meu face: "Mentiras sinceras me interessam".

Parabéns e continue escrevendo para alegrar pessoas que, como eu, não tem este dom maravilhoso de transmitir sentimentos em palavras.

Paula Pereira disse...

Luciane, obrigada!Não só pelo elogio, mas por me lembrar do blog que eu tinha abandonado rs Se agradar no FB quem sabe não encontro um dia um texto meu com o crédito do Jabour ou do Veríssimo rsrs Depois me conta rsrs